quarta-feira, 18 de março de 2009

Demora muito?

E assim vivem os Beléns dias de incertezas, sendo que na maior parte o espectro da despromoção vai ganhando cada vez mais corpo, ainda que no nosso mais profundo intimo nos debatamos com a esperança no contrário, com um Belenenses vitorioso nesta ponta final.
O mais cansativo disto é que ciclicamente esta situação se nos depara. Já ficamos gratos ao Alverca via Moreirense, ao Gil Vicente e a pergunta que vai surgindo este ano é: Qual será a safa este ano?
É triste quando nada se aprende. Quando nós não aprendemos e uma e outra vez a feira de vaidades e de burgueses que é o Restelo nos faz cair neste lodo, que a mais ninguém envergonha tanto que aos Belenenses de Coração (e alma).

Olhando para o relvado nada mais vemos do que corpos mercenários dentro de um fato que a nós nos diz tudo, que a nós nos enche o coração, que a nós nos faz sonhar. E aqui é que entram inúmeras interrogações.
- É este o Meu Belenenses? O Belenenses que o meu avô descobriu, lançou ao meu pai e este, pela sua mão, me deu a conhecer?
- É este o Belenenses? O Belenenses que sempre esteve afastado da imundice que o futebol sempre foi, sendo sempre um clube digno?
- É este o Belenenses? O Belenenses que foi fundado por pessoas com calos nas mãos e que com o tempo foi sendo entregue a "doutores" e com isso perdeu punho?
- É este o Belenenses? O Belenenses que nada mais é do que um projecto imobiliário estancado há décadas quando sempre foi pioneiro no panorama desportivo português?
- É este o Belenenses? O Belenenses consagrado e popular que agora nos atira com agentes de autoridade para cima ávidos de cobardemente nos agredirem na nossa casa?
- É este o Belenenses? O Belenenses com projecção além fronteiras e que agora se fecha sobre si próprio como as "campanhas" de sócios confinadas ao interior do estádio?
-É este o Belenenses? O Belenenses que foi das maiores potencias do desporto nacional em geral e do futebol em particular ver-se agora uma e outra vez gozado/humilhado/enxovalhado na comunicação social sem que disso se defenda de uma forma autoritária?!

Que Belenenses é este?

Do Belenenses de hoje não quero mais do que a camisola azul com a cruz de Cristo ao peito e o (quero acreditar que ainda) nosso Estádio do Restelo.

Faça-se uma lavagem cerebral! Ai Belenenses, Belenenses...